Revisão de normativas sobre TFGs de Jornalismo

Orientações para TFG1 e TFG2

O Trabalho Final de Graduação do curso de Jornalismo consiste em monografia, a ser elaborada a partir das normas ABNT/Unifra. Trata-se de texto acadêmico estruturado em elementos pré-textuais (capa, folha de rosto, folha de aprovação, resumo, abstract, sumário, entre outros), elementos textuais (introdução, desenvolvimento e conclusão) e elementos pós-textuais (referências, apêndices e anexos), com um mínimo de 40 páginas, que apresente o desenvolvimento de uma pesquisa na área da Comunicação/Jornalismo.

TFG1 – Consiste em disciplina prevista para o sétimo semestre do curso de Jornalismo, que tem como objetivo o desenvolvimento e aprofundamento de projeto de Trabalho Final de Graduação. A disciplina prevê atividades de orientação, com encontros periódicos entre o acadêmico e o professor orientador responsável. Tem como produto final o projeto de pesquisa, com aprofundamento de referencial teórico e metodologia.

Critérios para avaliação do TFG1

– Participação obrigatória na Jornada Acadêmica do Jornalismo (entrega de resumo e apresentação do trabalho).

– Comprometimento com o processo de orientação (freqüência, pontualidade, leituras/reflexões, entrega dos textos, cumprimento dos prazos).

– Entrega de texto ao orientador com projeto de pesquisa aprofundado: mínimo de 15 páginas, com clareza na delimitação do tema, problemas e objetivos, referencial teórico ampliado (prevendo capítulos da monografia), definições metodológicas e sumário.

– A nota de TFG1 é atribuída pelo professor orientador.

TFG2 – Consiste em disciplina prevista para o oitavo semestre do curso de Jornalismo, que tem como objetivo o desenvolvimento da pesquisa e a elaboração do Trabalho Final de Graduação. A disciplina prevê atividades de orientação, com encontros periódicos entre o acadêmico e o professor orientador responsável. Tem como produto final a monografia.

Critérios para avaliação do TFG2

– Banca de defesa de TFG, constituída pelo professor orientador e por dois professores e/ou profissionais convidados (com titulação mínima de graduado). A banca avalia o texto e o relato oral da monografia, levando em consideração os seguintes critérios: relevância do tema; clareza e coerência entre tema, problema e objetivos; adequação do referencial teórico; pertinência da construção metodológica; análise aprofundada dos dados; relação entre conclusão e objetivos apresentados; coerência lógica na argumentação; uso de língua padrão; atendimento das normas técnicas; propriedade e segurança na defesa oral do trabalho.

– A nota de TFG2 é definida pela média aritmética das notas dos três avaliadores (orientador e convidados da banca, com peso igual na computação da média).