Apresentações de TFG II: datas e horários

Nos dias 6, 7, 11, 12 e 14 de dezembro os alunos de TFG II apresentarão as pesquisas desenvolvidas. As defesas serão nas salas 601 e 602 do prédio 14. Qualquer aluno ou pessoa interessada pode assistir. No quadro abaixo estão listadas informações sobre datas e horários.

 

Nome aluno Título do Trabalho Banca Data /

Hora Apresentação

Carolina Busatto Teixeira Juventude e mídia: um estudo de caso com estudantes surdos de Santa Maria Orientadora: Glaíse Bohrer Palma

Banca: Michele Quinhones Pereira
           Neli Mombelli

 

 

06 de dezembro  

quarta-feira

17h

Keila Nunes Marques Os usos da rede social Instagram pelos jornais impressos e telejornais brasileiros Orientadora: Iuri Lammel Marques

Banca: Maurício Dias

           Glaíse Bohrer Palma

 

06 de dezembro

quarta-feira

18h

Dara Luiza Hamann Gênero e jornalismo esportivo na televisão: um estudo de caso da jornalista Fernanda Gentil Orientadora: Carla Simone Doyle Torres

Banca: Gilson Piber

            Laura Fabrício

06 de dezembro

quarta-feira

18h

Bruna Victória de Mello Germani Rádio Imembuí: o jornalismo na emissora durante o regime militar Orientador: Glaíse Bohrer Palma

Banca: Rosana Cabral Zucolo

            Carla Simone Doyle Torres

06 de dezembro

quarta-feira

19h

Leonardo Bedin Jordão House of Cards: a representação do jornalista na assessoria de imprensa Orientador: Carla Simone Doyle Torres

Banca: Maria Cristina Tonetto
           Fabiana Pereira

07  de dezembro

quinta-feira

15h

Lucas Schneider de Oliveira “Muito, muito breve”: a linguagem crítica de Robert Christgau Orientadora: Rosana Cabral Zucolo

Banca: Carla Simone Doyle Torres

           Carlos Alberto Badke

 

07 de dezembro  

quinta-feira  

16h

Viviane de Freitas Campos O jornalismo no cinema: os métodos de investigação utilizados em Spotlight: segredos revelados Orientador: Carlos Alberto Badke

Banca: Maria Cristina Tonetto

           Carla Simone Doyle Torres

07 de dezembro

quinta-feira

17h

Guilherme Correa Luz Motta Jornalismo esportivo e futebol: a representação do goleiro no jornal Zero Hora Orientador: Gilson Piber

Banca: Alexandre Maccari

           Maicon Elias Kroth

 

07 de dezembro
quinta-feira
18h
Victória Papalia Narciso Digital: A representação do “eu” no Instagram de Maju Trindade Orientador: Maurício Dias

Banca: Iuri Lammel Marques

           Daniela Hinerasky

07 de dezembro

quinta-feira

19h

Matheus Roberto de Oliveira O impeachment de Dilma Rousseff: a narrativa do jornal Folha de S. Paulo no enquadramento do acontecimento Orientadora:  Rosana Cabral Zucolo

Banca: Alexandre Maccari

           Paula Bolzan

 

07 de dezembro

quinta-feira

19h

Lorenzo Franchi Rodrigues Webjornalismo Esportivo: o ressurgimento da Chapecoense como time de futebol na ótica do Globoesporte.com Orientadora: Gilson Piber

Banca: Iuri Lammel Marques

           Alexandre Maccari

 

07 de dezembro

quinta-feira

20h

Fernanda do Couto Pedroso Da 5ª Avenida à Bonequinha de Luxo: As Hollys de Capote e a presença do New Journalism Orientador: Carlos Alberto Badke

Banca: Silvia Niederauer

           Sione Gomes

 

11 de dezembro

segunda-feira

15h

Ticiana Corrêa Leal Fotografia jornalística no Diário de SM: valor estético x valor informativo Orientador: Laura Fabrício

Banca: Carla Simone Doyle Torres

           Carlos Alberto Badke

 

11 de dezembro

segunda-feira

17h

Lucas Leivas Amorim A espiritualidade em Zero Hora: análise de conteúdo do caderno “Médiuns, pretos-velhos e benzedeiras” Orientadora: Rosana Cabral Zucolo

Banca: Maurício Dias

           Sione Gomes

11 de dezembro

segunda-feira

17h

Roger Bonfanti Haeffner Edição não linear: A construção da realidade na reportagem especial de Marcelo Canellas Orientadora: Neli Mombelli

Banca: Marcos Borba

           Rosana Cabral Zucolo

 

 

11 de dezembro

segunda-feira

18h

Gabrielle Righi da Silva Midialivrismo no Facebook: estudo da cobertura da greve geral pelos “Jornalistas Livres” Orientador: Maurício Dias

Banca: Luciana Menezes Carvalho

           Carla Simone Doyle Torres

11 de dezembro

segunda-feira

18h

Renata Teixeira A transformação do jornalista de televisão em tempos de convergência: uma análise de Mari Palma no programa G1 em 1 minuto Orientadora: Glaíse Palma

Banca: Michele Dias

           Iuri Lammel Marques

11 de dezembro

segunda-feira

19h

Natália Rosso O protagonismo da mulher no cinema latino-americano: um estudo dos filmes Relatos Selvagens e Como nossos pais Orientador: Carlos Alberto Badke

Banca: Bianca de França Zasso

           Rosana Cabral Zucolo

11 de dezembro

segunda-feira

19h

Adriana Aires da Silva O empoderamento da Mulher Negra nas Redes Sociais: uma análise do Blogueiras Negras Orientadora: Rosana Cabral Zucolo

Banca: Carla Simone Doyle Torres

           Fabiana Pereira

12 de dezembro

terça-feira

17h

Luiza Duarte de Giacomo Chamis Valsa com Bashir: a captação da memória no documento animado Orientadora: Neli Mombelli

Banca: Cássio dos Santos Tomaim

           Alexandre Maccari

14 de dezembro

quinta-feira

14h30

Jewison dos Santos Cabral Os dilemas das gerações britânicas em filmes de Danny Boyle Orientador: Carlos Alberto Badke

Banca: Michele Trevisan

           Alexandre Maccari

14 de dezembro

quinta-feira

16h

Fernanda de Fátima Gonçalves Lei de Acesso à Informação: os desafios dos jornalistas na construção da notícia Orientador: Iuri Lammel Marques

Banca: Carla Simone Doyle Torres

           Rosana Cabral Zucolo

14 de dezembro

quinta-feira

17h

Anúncios

Programação da XVIII Jornada Científica do Jornalismo

A XVIII Jornada Científica do Jornalismo ocorre na próxima terça, dia 21 de novembro, e 14 alunos apresentarão suas pesquisas de Trabalho Final de Graduação I. O evento ocorrerá das 18h30 às 22h, no Salão Acústico do prédio 14, conjunto III da Unifra.

Confira abaixo os trabalhos a serem apresentados:

Comunicação e gênero: análise da construção da cidadania feminina na revista AzMina
Acadêmica: Amanda Porto de Souza
Orientadora: Rosana Zucolo
Banca: Neli Mombelli

A linguagem como instrumento na construção da realidade no livro Abusado, de Caco Barcellos
Acadêmica: Arcéli da Silva Ramos
Orientadora: Sione Gomes
Banca: Carlos Alberto Badke

Narrativa midiática: a transformação de herói a vilão
Acadêmica: Eduarda Henriques Garcia
Orientador: Carlos Alberto Badke
Banca: Sibila Rocha

O uso do Twitter no programa esportivo Bem Amigos como estratégia de interatividade
Acadêmico: Gabriel Batista Pfeifer
Orientadora: Glaíse Palma
Banca: Gilson Piber

A guerra na Síria pela fotografia jornalística do G1: o valor estético como valor informativo
Acadêmico: Gabriel Machado Haesbaert
Orientadora: Laura Fabricio
Banca: Carlos Alberto Badke

VIPs – Histórias reais de um mentiroso: as verossimilhanças possíveis entre documentário e ficção
Acadêmica: Gabriela Jeane Martins
Orientador: Carlos Alberto Badke
Banca: Maria Cristina Tonetto

Mídia Sensível: entrecruzamentos discursivos na cobertura midiática sobre o ataque à creche de Janaúba
Acadêmica: Gabriela Vieira Iensen
Orientadora: Carla Torres
Banca: Maurício Dias

Jornalismo e interesse público: uma análise de caso do projeto de fact checking truco, da agência de reportagem pública.  
Acadêmico: Gilvan Bitencourt Ribeiro
Orientadora: Rosana Zucolo
Banca: Carla Torres

A (re)construção da realidade: o vale tudo midiático retratado no filme O Abutre
Acadêmica: Karen da Costa Borba
Orientadora: Glaíse Palma
Banca: Neli Mombelli

De entretenimento à informação: uma análise do discurso político no canal Nostalgia
Acadêmico: Luciano Vieira de Souza
Orientador: Maurício Dias
Banca: Iuri Lammel Marques

Antropojornalismo e televisão: a apresentação e a representação do outro no programa Que mundo é esse? 
Acadêmica: Manuela Mezomo Fantinel
Orientadora: Neli Mombelli
Banca: Rosana Zucolo

Nobody does it better – um estudo sobre as relações dos weblogs dedicados ao personagem James Bond e as estratégias de comunicação da franquia 007
Acadêmico: Marcos Vinicius Kontze
Orientadora: Maria Cristina Tonetto
Banca: Alexandre Maccari

Narrativas que atraem jovens a assistirem telejornal
Acadêmico: Patrese Lehnhart Rabenschlag
Orientadora: Neli Mombelli
Banca: Glaíse Palma

Os processos de escolhas da narrativa no documentário sobre a Feira do Cooperativismo da TV OVO
Acadêmico: Pedro Lenz Piegas
Orientadora: Neli Mombelli
Banca: Maria Cristina Tonetto

A ordem de apresentação será definida na hora por sorteio.

Inscrições abertas para o 4º Prêmio Universitário de Jornalismo

premio de jornalismoComeçaram as inscrições para o 4º Prêmio Universitário de Jornalismo, do Centro Universitário Franciscano. Este é o momento para os alunos do curso de Jornalismo resgatarem as produções dos últimos dois semestres (2º semestre 2016 e 1º semestre 2017). O objetivo é avaliar, valorizar e premiar as produções desenvolvidas em atividades acadêmicas desenvolvidas em disciplinas ou laboratório do curso. O prêmio envolve oito categorias: Impresso, Audiovisual, Rádio, Fotografia, Assessoria de Comunicação, Digital, Pesquisa e Diversos.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 06 de novembro de 2017 através do site centralsul.org/premio. A confirmação da inscrição de cada trabalho será realizada com o pagamento da taxa de R$5,00, conforme determinado no regulamento. Os pagamentos serão recebidos nos dias 03 e 06 de novembro, sexta-feira e segunda-feira, entre 15h30 e 19h, na sala do Lapec (sala 403 do prédio 14). O regulamento, que explica como disponibilizar cada produção e os critérios avaliativos, pode ser consultado na página do prêmio.

 

Cadernos do Sobrado: reflexão e ampliação de conhecimento

O projeto de extensão “Cadernos do Sobrado”, que teve início no último mês de agosto, foi motivado pelas discussões feitas nos colóquios, realizados em maio de 2016 e maio de 2017. O projeto consiste no trabalho de elaboração e editoração de uma publicação impressa e online com material sobre Jornalismo. Foram realizados quatro colóquios, produzidos pela TV OVO, em conjunto com o curso de Jornalismo do Centro Universitário Franciscano e o Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria. O projeto é orientado pela professora Neli Mombelli, com co-orientação da professora Rosana Cabral Zucolo.

São realizadas reuniões semanais para tratar da publicação. Foto: Jéssica Marian – Laboratório de Fotografia e Memória/ UNIFRA

As quatro noites de colóquio realizadas  tiveram como convidados jornalistas e ativistas que são referência no contexto nacional, atuantes na Agência Pública de Jornalismo Investigativo, Jornalistas Livres, Rede Globo, Mídia Ninja e Zero Hora, além de jornalistas e documentaristas independentes. Os conhecimentos adquiridos e os tópicos debatidos serão transcritos para a publicação, a fim de ampliar o alcance das discussões, além de perpetuar seus conteúdos. Parte do objetivo do projeto também é coordenar a produção de outros textos que estarão na publicação, desenvolvendo um material com excelência a respeito do Jornalismo. “O interessante é que o curso se abre para questões que acontecem na cidade. Quando a gente traz um projeto aqui para dentro deixamos de fazer só o ‘arroz e feijão’, fazemos uma ponte com o que acontece na sociedade civil. Pesquisa é oxigenar o ambiente.  Oxigenar o que estamos acostumados a ver todos os dias”, destaca a professora Rosana.

Para os estudantes envolvidos na produção do Cadernos do Sobrado a experiência é uma forma de agregar conhecimentos diferentes do que haviam adquirido até o momento. O bolsista do projeto, Pedro Lenz Piegas, aponta para a possibilidade de estar mais próximo da realidade. O grupo também é composto por quatro voluntárias, as estudantes do curso de Jornalismo Bruna Milani, Tayná Lopes, Victória Debortoli e Larissa da Rosa.  “Me acrescenta uma nova linguagem, que eu não estou acostumada a utilizar, por ser diferente da linguagem de sala de aula. É mais um espaço para discutir questões que nos interessam, como jornalismo livre e independente”, declara Tayná. Estimular a participação dos alunos é um dos objetivos do projeto que estará em desenvolvimento até maio de 2018.

Biblioteca – Teses e Dissertações

No Laboratório de Pesquisa em Comunicação do curso de Jornalismo do Centro Universitário Franciscano estão disponíveis mais de 50 teses e dissertações de diversos autores. Alunos e professores do curso podem comparecer ao Lapec (sala 403 do prédio 14) para solicitar a consulta e/ou retirada de materiais.

Teses disponíveis no Lapec:

ALBECHE, Daysi Lange. ANTES RIR DO QUE CHORAR: ANÁLISE DAS RELAÇÕES FAMILIARES E AFETIVAS EM A GRANDE FAMÍLIA. 2007. 184 f. Comunicação. Unisinos.

AMARAL, Márcia Franz. LUGARES DE FALA DO LEITOR NO DIÁRIO GAÚCHO. 2004. 158 f. Comunicação e Informação. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

BRONOSKY, Marcelo Engel. (QUASE) TUDO SOBRE CONTROLE: ESTRATÉGIAS DE APROPRIAÇÃO DE MANUAIS DE REDAÇÃO POR JORNALISTAS EM PERIÓDICOS DIÁRIOS. 2008. 178 f. Comunicação. Unisinos.

CARVALHO, Cristiane Mafacioli. TEVÊ: INCURSÕES SOBRE O DISCURSO PEDAGÓGICO. 2004. 519 f. Comunicação. Unisinos.

CARVALHO, Helenice. COMUNICAÇÃO COM “VOZ” E “CARA”: ESTRATÉGIAS DE RELAÇÕES PÚBLICAS DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO DE PORTO ALEGRE. 2003. 196 f. Comunicação. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

DALMONTE, Edson Fernando. POSICIONAMENTO DISCURSIVO NO WEBJORNALISMO: TEMPORALIDADE, PARATEXTO, COMUNIDADES DE EXPERIÊNCIA E NOVOS DISPOSITIVOS DE ENUNCIAÇÃO. 2008. 230 f. Comunicação. Universidade Federal da Bahia.

DUTRA, Manuel José Sena. A REDESCOBERTA MIDIÁTICA DA AMAZÔNIA: SEDUTORAS REITERAÇÕES DOS DISCURSOS SOBRE A NATUREZA. 2003. 366 f. Altos Estudos Amazônicos. Universidade Federal do Pará.

ESCÓSSIA, Fernanda Melo. OPERAÇÃO RIO: O RITUAL DA GUERRA DO JORNALISMO. 1996. 238 f. Comunicação. Universidade do Rio de Janeiro.

FACCIN, Milton Julio. TERRITÓRIO DE IDENTIDADES: OS JORNAIS GAÚCHOS E A DEMARCAÇÃO DISCURSIVA DA IDENTIDADE REGIONAL. 2002. 196 f. Universidade Federal do RJ – Centro de Filosofia e Ciências Humanas.

FACCIM, Milton. OS CENÁRIOS DA COMUNICAÇÃO MIDIÁTICA GAÚCHA (Capítulo 4). 119 – 420.

GASPARETTO, Paulo Roque. MIDIATIZAÇÃO DA RELIGIÃO: PROCESSOS MIDIÁTICOS E A CONSTRUÇÃO DE NOVAS COMUNIDADES DE PERTENCIMENTO. ESTUDO SOBRE A RECEPÇÃO DA TV CANÇÃO NOVA. 2008. 184 f. Comunicação. Unisinos.

GOMES, Geraldo da Silva. EM NOME DO PAI, DA CIDADE E DA IDENTIDADE: ESTRATÉGIAS MIDIÁTICAS DO PROCESSO DE GLOBALIZAÇÃO NO ESTADO DO TOCANTINS. 2004. 222 f. Comunicação. Unisinos.

GOUVEIA, Eliane Hojaij. IMAGENS FEMININAS: A REENGENHARIA DO FEMININO PENTECOSTAL NA TELEVISÃO. 1998. 198 f. Ciências Sociais. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

JANOTTI, Jeder Jr. HEAVY METAL E MÍDIAS: DAS COMUNIDADES DE SENTIDO AOS GRUPAMENTOS URBANOS. 2002. 369 f. Comunicação. Unisinos.

LARENTIS, Milton. CONFIANÇA MIDIÁTICA. 2008. 163 f. Comunicação. Unisinos.

LEITE, Sandra Nunes. AÇÃO COMUNICACIONAL DA QUITOSANA: O PERCURSO SOCIAL DA INOVAÇÃO. 2006. 233 f. Comunicação. Unisinos.

MARTINS, Sílvia Koch. RECEPÇÃO TELEVISIVA NA ADOLESCÊNCIA: EM EVIDÊNCIA O HUMOR. 2001. 290 f. Literatura. PUCRS.

MELO, Paula Reis. TENSÕES ENTRE FONTE E CAMPO JORNALÍSTICO: UM ESTUDO SOBRE O AFENDAMENTO MEDIÁTICO DO MST. 2008. 206 f. Comunicação. Unisinos.

MÜLLER, Karla Maria. MÍDIA E FRONTEIRA: JORNAIS LOCAIS EM URUGUAIANA – LIBRES E LIVRAMENTO – RIVERA. 2003. 350 f. Comunicação. Unisinos.

NANDI, Domingos Volney. MISSA CATÓDICA O (DES)ENCONTRO DE DUAS LÓGICAS NO PROCESSO DE MIDIATIZAÇÃO DA RITUALIDADE DA CELEBRAÇÃO EURARÍSTICA. 2005. 304 f. Comunicação. Universidade do vale do Rio dos sinos.

NANDI, Domingos Volney. RITO LITÚRGICO E RITO MIDIÁTICO. 2004. 263 f. (Trabalho apresentado para o Exame de Qualificação junto ao Programa de Pós-Graduação). Comunicação. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

NETO, Casemiro Silva. CONCERTO EM SETE LETRAS: DE OUVIDO NA ENUNCIAÇÃO DA CBN, A RÁDIO QUE TOCA NOTÍCIA.  2001. 310 f. Comunicação e Cultura. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

OLIVEIRA, Amilton Gláucio. MIDIATIZAÇÃO DA ÉTICA NA TV: UM ESTUDO DE CASO DO REALITY SHOW BIG BROTHER BRASIL 3. 2005. 262 f. Comunicação. Unisinos.

OLIVEIRA FILHA, Elza Aparecida de. OLHARES SOBRE UMA COBERTURA: A ELEIÇÃO DE 2002 PARA O GOVERNO DO PARANÁ EM TRÊS JORNAIS LOCAIS. 2006. 318 f. Comunicação. Unisinos.

PERUZZOLO, Adair Caetano. A DIFERENÇA DO OLHAR. 2001. 116 f. Universidade Federal de Santa Maria.

RANGEL, Jair Guimarães. A QUALIFICAÇÃO DA VIOLÊNCIA NA TELEVISÃO: O EFEITO DE ONIPOTÊNCIA NO PROCESSO DE PERCEPÇÃO DA REALIDADE. 2000. 151 f. Comunicação e Cultura. Universidade Federal do RJ.

ROCHA, Sibila. A UNIVERSIDADE NA MÍDIA. A FALA ACADÊMICA NA VOZ DO JORNAL. 2004. 224 f. Comunicação. Unisinos.

SANFELICE, Gustavo Roese. OS ENQUADRAMENTOS DOS JORNAIS ZERO HORA E FOLHA DE SÃO PAULO NA COBERTURA DE DAIANE DOS SANTOS NOS JOGOS OLÍMPICOS DE ATENAS/2004: A MIDIATIZAÇÃO DO RESULTADO ESPORTIVO. 2007. 184 f. Comunicação. Unisinos.

SAPPER, Sady Macedo. CONSTRUÇÃO MIDIÁTICA DO RURAL: ENTRATÉGIAS DE AGENDAMENTO DE SENTIDOS DO CANAL RURAL. 2003. 200 f. Comunicação. Unisinos.

SOSTER, Demetrio de Azeredo. O JORNALISMO PARA ALÉM DE SEUS TERRITÓRIOS CONCEITUAIS: INTERNET, MIDIATIZAÇÃO, E A RECONFIGURAÇÃO DOS SENTIDOS MIDIÁTICOS. 2009. 183 f. Comunicação. Unisinos.

TESCHE, Adayr Mroginski. INTERPRETAÇÃO: RUPTURAS E CONTINUIDADES. 1997. 260 f. Pontífica Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

TRIGUEIRO, Osvaldo Meira. QUANDO A TELEVISÃO VIRA OUTRA COISA: AS ESTRATÉGIAS DE APROPRIAÇÃO DAS REDES DE COMUNICAÇÃO COTIDIANAS EM SÃO JOSÉ DE ESPINHARAS/PB. 2004. 224 f. Comunicação. Unisinos.

Dissertações disponíveis no Lapec:

ANTUNES, Scheila Espindola. O “PAÍS DO FUTEBOL NA COPA DO MUNDO”: ESTUDO DE RECEPÇÃO AO DISCURSO MIDIÁTICO-ESPORTIVO COM JOVENS ESCOLARES. 2007.142 f. Comunicação. UFSC.

AROUCHE, Ines Maria Pacheco. CONSTRUÇÃO SISCURSIVA: MÍDIA E RELIGIÃO EM DEBATE NA TV. 1999. 208 F. Linguística aplicada ao ensino médio de línguas. Pontífica universidade Católica de São Paulo.

BANDEIRA, Alexandre Dresch. INTERSECÇÃO DOS DISPOSITIVOS MIDIÁTICOS E RELIGIOSOS: A MIDIATIZAÇÃO COMO LÓGICA DO CONSUMO NA IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS. 2006. 171 f. Comunicação. Unisinos.

CASTRO, Cosette. TROPEÇANDO NO ESPELHO: UM ESTUDO DA COMUNICAÇÃO SINDICAL BANCÁRIA. 1997. Comunicação. PUC.

COUTO, Angélica Coronel. O DISCURSO CIDADÃO NO CAMPO DAS MÍDIAS: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE RBS NOTÍCIAS E JORNAL DA TVE 2ª EDIÇÃO. 2005. Comunicação. Unisinos.

FARIA, Ana Cláudia Loureiro. A SALVAÇÃO DO EU: REPRESENTAÇÕES DO ENVELHECIMENTO NOS ANÚNCIOS DE PREVIDÊNCIA PRIVADA. 2006. Ciências Sociais. PUC-Rio.

FIEGENBAUM, Ricardo Zimmermann. MIDIATIZAÇÃO DO CAMPO RELIGIOSO E PROCESSOS DE PRODUÇÃO DE SENTIDO ANÁLISE DE UM CONFLITO ANUNCIADO.  2006. Comunicação. Unisinos.

FREITAS, Guaciara Barbosa. A CONSTRUÇÃO DA IMAGEM PÚBLICA DA CIDADE DE BELÉM NA PROPAGANDA DA PREFEITURA E DO GOVERNO DO ESTADO DO PARA. 2002. 101 f. Comunicação e Cultura Contemporâneas. Universidade Federal da Bahia.

HADLICH, Donaldo. AS IMAGENS FOTOGRÁFICAS NO DISCURSO DA INFORMAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO DAS FOTOGRAFIAS PRETO E BRANCO NA REVISTA VEJA. 2001. Comunicação. Unisinos.

HENN, Ronaldo César. FRONTEIRAS SISTÊMICAS DO JORNALISMO. 2000. 290 F. Comunicação. PUC.

MATTOS, Maria Ângela. O POPULAR NO ENSINO DE COMUNICAÇÃO: A TRAJETÓRIA DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PUC-MG. 1992. Instituto Metodista de Ensino Superior.

MOURA, Maria Francisca Canovas. TELEJORNAL DOS 500 ANOS: FRAMES DE PROTESTO E VIOLÊNCIA. 2001. Comunicação. Processos midiáticos. Unisinos.

MÜLLER, Karla Maria. MEDIA E TECNOLOGIA: UM ESTUDO DOS VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO DIRIGIDA DE ENTIDADES DE CLASSE. 1997. Faculdade dos meios de comunicação social. PUC.

NOVAES, André Reyes. A ICONOGRAFIA DAS DROGAS ILÍCITAS NA IMPRENSA (1975-2002). 2005. UFRJ.

PETTA, Leneide Austrilino. PROCESSO DE MIDIATIZAÇÃO DO TURISMO EM ALAGOAS: UMA LEITURA DE COBERTURA JORNALÍSTICA. 2001. Universidade Federal de Alagoas.

PICCININ, Fabiana. DO OUTRO LADO DA TELA: AS APROPRIAÇÕES DO TELEJORNAL PELOS FUMICULTORES DE SANTA CRUZ. 2000. Universidade de Santa Cruz do Sul.

QUINTO, Maria Cláudia. IMAGENS DE MORTE DA MÍDIA IMPRESSA: O OLHAR DO FOTÓGRAFO. 2007. 170 f. Psicologia clínica. Pontífica Universidade Católica do Rio de Janeiro.

RODRIGUES, Lylian Caroline Maciel. A CONSTRUÇÃO DE CONHECIMENTO EM DISPOSITIVOS MIDIÁTICOS: INVESTIGAÇÃO EM ESCOLAS PÚBLICAS. 2007. 237 f. Ciências da Comunicação. Processos Midiáticos. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

ROMÁN, Yasna Paola Valenzuela. RELAÇÃO SUJEITO/MÁQUINA DESAFIOS DA INTERATIVIDADE À NOÇÃO DE SUJEITO NA PSICOLOGIA. 1998. UFRJ.

ROSA, Rosane. PÍPULAS DE FARINHA: O CASO SCHERING DIANTE DAS ESTRATÉGIAS DISCURSIVAS JORNALÍSTICAS. 2000. Comunicação. Unisinos.

SAID, Gustavo Fortes. NÍVEIS, DURAÇÃO E TEMPOS NA LEITURA DE UM JORNAL: A FOLHA DE SÃO PAULO E A CONSTRUÇÃO HISTÓRICA DOS SAQUES A SUPERMERCADOS. 1998. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

SEIXAS, Netília Silva dos Anjos. A REPRESENTAÇÃO DISCURSIVAS DA QUESTÃO AGRÁRIA NA GRANDE IMPRENSA. 1996. Universidade Federal de Pernambuco.

SILVA, Carla Cristina Peixoto da. VOZES SOBRE ESCOMBROS: A CONSTRUÇÃO DO ACONTECIMENTO PALACE II DE PERSPECTIVAS DISCURSIVAS RADIOFÔNICAS: REDE CBN E RÁDIO GLOBO. 2001. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

TAVARES, Joana Brandão. CIBER-INFORMAÇÕES NATIVAS: UMA ANÁLISE DA CIRCULAÇÃO DA INFORMAÇÃO DOS CIBERMEIOS DE AUTORIA DE POVOS INDÍGENAS RESIDENTES NO TERRITÓRIO BRASILEIRO. 2013. Universidade Federal de Santa Catarina.

TORINO, Paulo Muccillo. RÁDIO EDUCATIVO: RELAÇÃO ENTRE LEGISLAÇÃO E PROGRAMAÇÃO, ESTUDO DAS EMISSORAS EDUCATIVAS DA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE. 2001. Ciências da Comunicação. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

XVIII Jornada Científica do Jornalismo: modelos de apresentação e resumo

Para os alunos matriculados em TFG I, que devem obrigatoriamente apresentar seus trabalhos na Jornada, estão listados abaixo os modelos atualizados de apresentação (ppt) e resumo.

Modelo de resumo – 2017/2

Modelo de apresentação (ppt) – 2017/2

Lembrando que a entrega do texto impresso deve ser feita na sala 403 do prédio 14, no dia 16 de novembro, uma quinta-feira, das 15h às 20h.  O resumo também deve ser enviado por e-mail para o lapecjor@gmail.com. A Jornada Acadêmica será no dia 21 de novembro.

Definidas datas de TFG II 2017/2

Os acadêmicos matriculados em TFG II devem defender seus trabalhos no período de 6 a 16 de dezembro de 2017, com horários a serem definidos.

No dia 31 de outubro todos devem entregar o copião do trabalho para seus respectivos orientadores. No dia 28 de novembro será a entrega definitiva das monografias no Lapec, sala 403 do prédio 14, horários não definidos.